É professor e bailarino de danças populares afro brasileiras (Lambazouk, Samba de Gafieira, Axé, Forró entre outras).
Com mais de 12 anos de aprendizados e ensinamentos, participa e é convocado como jurado em campeonatos, aulas de dança, seminários e congressos nacionais e internacionais desde 2009 até hoje.
Nesse mesmo ano, cria e funda a “Abalô”, Escuela & Cia de Danzas, com o objetivo de difundir a cultura popular brasileira através da dança e da música na Argentina.